Campanha Novembro Azul é lançada na UPA do Marajó .:. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás

Saúde
Campanha Novembro Azul é lançada na UPA
do Marajó

Campanha Novembro Azul é lançada na UPA do Marajó

O objetivo do trabalho de conscientização é alertar sobre a importância do cuidado com a saúde da população masculina
Publicado em 09/11/2017 às 10:29

A Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou a abertura da campanha Novembro Azul na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Marajó nesta quarta-feira, 8.

 

Durante o ato, houve sorteio de exames e distribuição de brindes para os presentes.

 

O objetivo do trabalho de conscientização é alertar sobre a importância do cuidado com a saúde da população masculina, principalmente, em relação ao câncer de próstata, que é o segundo mais comum entre os homens no Brasil, atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

 

A SMS informou que durante o mês de novembro, as ações preventivas serão reforçadas na Rede Municipal de Saúde com o intuito de ajudar a reduzir os índices de mortalidade pelas doenças mais incidentes no público masculino.

 

Ao comentar sobre a campanha Novembro Azul, o prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró, destacou que as ações desenvolvidas mostram o compromisso do Governo Municipal com a saúde pública. Ele também alertou sobre a importância da prevenção de doenças. “Procure nossas unidades de saúde e faça seus exames. Precisamos promover essa conscientização junto à comunidade”, finalizou.

 

O Secretário de Saúde, Leonardo Esteves, destacou o trabalho da UPA na região do entorno. “A UPA de Valparaíso hoje é destaque e referência na região de Brasília e Entorno, todos os profissionais de saúde vem se empenhando bastante para atender a população da melhor forma possível”, comentou.

 

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que 61,2 mil novos casos de câncer de próstata devem ser registrados no Brasil neste ano. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 14.484 homens morreram em decorrência da doença no país em 2015.

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Valparaíso de Goiás