Mulheres em Ação encerra as comemorações do mês com palestra ministrada pela secretária Cidadã Lêda Borges .:. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás

Homenagem às mulheres
Mulheres em Ação encerra as comemorações do
mês com palestra ministrada pela secretária Cidadã Lêda Borges

Mulheres em Ação encerra as comemorações do mês com palestra ministrada pela secretária Cidadã Lêda Borges

Promovido pelo CIAM, o evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher teve palestras, atrações musicais e culturais e para finalizar, um divertido luau
Publicado em 01/04/2017 às 18:15

Mulheres em ação, evento organizado pelo Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM), encerrou nesta sexta-feira, 31/03, o mês de comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher, com palestras, atrações musicais e culturais.

 

O ponto alto do evento foi a palestra ministrada pela deputada estadual licenciada, Lêda Borges, titular da Secretaria Cidadã. A conferência embasada na campanha Mulher não é cabide para você pendurar seu desrespeito, tem objetivo de chamar a atenção das pessoas, homens e mulheres, sobre atos de preconceito e violência contra a mulher.

 

Sobre as diversas violências que a mulher pode sofrer, foram abordados cinco tipos: psicológica, física, sexual, patrimonial e moral. Também foi explicado o ciclo da violência. Lêda Borges também retratou  temas como, igualdade de gênero, empoderamento feminino e a rede de atendimento à mulher do estado de Goiás. 

 

Segundo a secretária, Goiás é o estado que mais trafica mulheres. “Compete a nós, município e estado, desenvolvermos e difundirmos o disque 100 e o 180”. Ela também destacou que a mulher tem o direito de ser quem ela quiser, “a mulher tem o direito de ser feliz, sem agressões físicas, verbais ou psicológicas”, destacou.

 

Na festividade, a banda da Polícia Militar de Luziânia fez uma linda homenagem às mulheres. Pábio Mossoró, prefeito de Valparaíso de Goiás, aproveitou a oportunidade para agradecer o empenho da Secretária Cidadã de enviar para município o Programa Mulheres da Paz, que tem o intuito de capacitar mulheres atuantes na comunidade para agirem como multiplicadoras e mediadoras sociais, de forma a prevenir a violência doméstica e enfrentar as violências que compõem a realidade local e que envolvam jovens e mulheres. “Nós vamos fazer todos os esforços para que esse programa possa beneficiar as mulheres que vivem em área de risco e vulnerabilidade”, conclui. 

 

 

Texto: Juliana Gentila

Foto: Sérgio Grant