Mapa do site
Telefones Úteis
Acessibilidade
Alto contraste
Tamanho da Fonte:
A+
A
A-
Mapa do site Teclas de atalho
Alto contraste
Tamanho da Fonte:
A+
A
A-
Gabinete do Prefeito
61 3627-8953 Ramal 205 3629-7048 (FAX)
Gabinete da Vice-Prefeita
61 3627-9009
Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho
61 3627-7531
Secretaria de Administração
(61)3627-0447
Secretaria de Cultura e Esporte
61 3627-1818
Secretaria de Governo
61 3627-8953 Ramal 221
Secretaria de Educação
61 3627-5204 / 3627-4518
Secretaria de Assistência Social e Cidadania
61 3627-4087 / 3627-1513 /3624-0007
Secretaria de Finanças e Planejamento
61 3627-8953 Ramal 226 e 231
Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos
61 3627-4566
Secretaria de Saúde
61 3627-6266 / 3629-1489
Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura
61 3627-4076
Administração Regional do Céu Azul
61 3083-4884
Controladoria Geral do Município
61 3627-8953 Ramal 212
Superintendência de Receita Tributária
61 3627-6564 (1293)/(61) 98350 6105
Superintendência dos Serviços de Fiscalização Municipal
61 3629-4700 / 3161-7048
Agência Municipal de Trânsito e Transporte
61 3629-4700 / 3161-7048
Agência Municipal de Segurança e Guarda Municipal
61 98350-6662
Procuradoria Geral do Município
61 3627-8953 Ramal: 214
Publicado em 22 de novembro de 2021

DIA DO MÚSICO É CELEBRADO EM HOMENAGEM AOS PROFISSIONAIS QUE PROMOVEM ESSA ARTE

Muitos momentos marcantes são embalados por uma música especial. Ela nos faz dançar, cantar e emocionar. Portanto, aos músicos, que são profissionais responsáveis por isso, nossos parabéns e gratidão por esse dom!

O Brasil é um país rico pela pluralidade cultural que possui, tendo uma grande variedade musical que agrada a todos os gostos. Pensando em celebrar os artistas que se dedicam à essa carreira, foi instituído nacionalmente o Dia do Músico em 22 de novembro.

A data também foi escolhida em homenagem ao dia de Santa Cecília, figura católica nomeada como a padroeira dos músicos pelo papa Gregório XIII, em 1594.

A essência dessa riqueza cultural compõe a história da música popular brasileira que tem conquistado cada vez mais reconhecimento internacional. A trajetória de músicos profissionais e entusiastas está ligada diretamente com a construção da sociedade, uma vez que essa arte é a fonte de entretenimento para muitos.

Além disso, é necessário formação de qualidade para quem busca trabalhar com a música. “A Secretaria de Cultura visa trabalhar com relação a qualificação profissional de cada indivíduo. Por isso nós oferecemos formação básica para que crianças, jovens e adultos possam ver na música a possibilidade de carreira”, conta o secretário de Cultura, Ricardo Viana.

Devido a pandemia essas atividades foram interrompidas, contudo, de acordo com o secretário, tudo deve ser retomado a partir de 2022. “Logo na segunda quinzena de janeiro estaremos na ativa. Celebrar essa data é importante para conscientizar nossa comunidade e dar devida importância a este segmento”, explica.

A Praça Gourmet, localizada na etapa A do Valparaízo I, é referência para artistas locais que já se apresentaram na cidade. Semanalmente têm show ao ar livre e gratuito para que os valparaisenses possam desfrutar de um bom som.

Com a pandemia muitos profissionais precisaram pausar a carreira devido o fechamento de bares, casas de shows e delimitação de público em determinados ambientes. Atualmente, após 74% da população estar imunizada ao menos com a primeira dose da vacina contra o vírus da Covid-19 (dados do Consórcio de veículos de imprensa), os músicos estão voltando aos palcos.

Daniel Queiroz, conta que o retorno aos shows ainda está caminhando à passos curtos, tendo em vista que muitos estabelecimentos ainda não se restabeleceram economicamente. O cantor se apresenta em barzinhos a noite e eventos particulares, trazendo as melhores do mpb, pop, rock e reggae, com voz e violão. “Nós somos da arte, do entretenimento, e dependemos dos lugares para apresentar. Além disso, aqui na região existe um estilo musical dominante e ser um diferencial demanda esforço. Porém, a sua vontade pode mudar tudo”, relata Queiroz com entusiasmo pela profissão escolhida.

Contudo, apesar do público apreciar diferentes formatos de entretenimento, é notório que há um déficit na valorização por parte dos mesmos. Como reforça o cantor ao dizer que “a arte em geral é carente de reconhecimento no nosso país”.

Em nosso dia-a-dia somos embalados por diferentes ritmos, cada etapa das nossas vidas é lembrada por uma música marcante, nossas emoções são intensificadas com um som especial. Por isso, os profissionais que dedicam anos em busca de uma carreira profissional como músico, merecem os aplausos do público, com muito respeito e apreço.

Assessoria de Comunicação do Governo da cidade de Valparaíso/
Texto: Lizandra Costa/ Arte Gráfica: Rangel Franco